Arquivo da categoria: Acompanhe as Notícias

Produtos de Qualidade

As Melhores MarcasProdutos de Qualidadelabrador-14825

compraspp-01101314483380

compraspp-011013150400540

compraspp-0110131444043356

compraspp-0110131445275031

compraspp-0110131446141136

compraspp-0110131454165839

compraspp-0110131518358572

compraspp-0110131518425067

compraspp-0110131519167902

compraspp-0110131519528723

compraspp-0110131520033847

compraspp-0110131520387927

compraspp-0110131521093401

compraspp-141013161204992

compraspp-180113933427942

compraspp-211013142758223

compraspp-221013144107933

compraspp-221013144152400

compraspp-221013151813983

compraspp-250913110456382

compraspp-250913112031326

compraspp-250913112140871

compraspp-250913112823915

compraspp-0910131533464273

compraspp-0910131533593357

compraspp-0910131534555976

compraspp-0910131535594494

compraspp-0910131609437495

compraspp-0910131611137436

compraspp-0910131611534498

compraspp-0910131612236459

compraspp-1410131613099633

compraspp-1410131642547766

compraspp-1801131202098559

compraspp-1801131318553817

compraspp-1801131330534497

compraspp-1801131340163896

compraspp-1801131342586290

compraspp-1801131344333279

compraspp-1801131346511830

compraspp-1801131406211873

compraspp-2110131428208446

compraspp-2110131432577530

compraspp-2110131433483288

compraspp-2110131434027763

compraspp-2110131434254320

compraspp-2110131436171653

compraspp-2110131436415617

compraspp-2110131447133789

compraspp-2110131448132709

compraspp-2210131424551158

compraspp-2210131430306262

compraspp-2210131439501087

compraspp-2210131440563228

compraspp-2210131515181410

compraspp-2210131516176506

compraspp-2210131516526651

compraspp-2210131517211866

compraspp-2210131517472533

compraspp-2210131518381936

compraspp-2210131523001964

compraspp-2409131404194268

compraspp-2409131405065028

compraspp-2409131407445677

compraspp-2409131413377324

compraspp-2409131418036796

compraspp-2509131103098228

compraspp-2509131106284442

compraspp-2509131121031117

compraspp-2509131132488908

Anúncios

Notícia Está Abalando o Egito

Jesus Está Aqui Veja-o

Jesus Está Aqui Veja-o



Billy Seixas

Free Hit Counter

Uma notícia que está abalando o Egito

O mundo ainda vai duvidar de Jesus?
UMA NOTÍCIA QUE ESTÁ ABALANDO O EGITO! Fé! Depois do haitiano que ficou 27 dias nos escombros e disse que uma pessoa lhe deu água, veja a notícia interessante que vem ao nosso conhecimento. É uma notícia que está abalando a terra do José, filho de Jacó:

Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia e então a ente rrou com seu bebê nascido há poucos dias e uma filha de 8 anos de idade. As crianças foram enterradas vivas! Ele então disse à polícia que um tio havia matado as crianças. Quinze dias mais tarde, outra pessoa da família morreu.
Quando foram enterrá-la, encontraram as duas crianças sob a areia (!!!) e VIVAS!

O país ficou em choque e o homem será executado. Perguntaram à menina de 8 anos como ela havia conseguido sobreviver por tanto tempo e ela disse: “Um homem que usava roupas brilhantes e com feridas que sangravam em suas mãos, vinha todos os dias para nos alimentar. Ele sempre acordava minha mãe para dar de mamar à minha irmã”.

Ela foi entrevistada no Egito numa TV nacional por uma mulher jornalista que tinha o rosto coberto. Ela disse na TV pública: ‘Foi Jesus quem veio cuidar de nós, porque ninguém mais faz coisas como essas!’

Os muçulmanos acreditam que Isa (Jesus) aparecerá para fazer coisas desse tipo, mas as feridas em Suas mãos dão provas de que
Ele realmente foi crucificado e que Ele está vivo!
Está claro que a criança não seria capaz de inventar essa história (não tem cultura cristã).
E não seria possível que essas crianças vivessem sem um milagre verdadeiro.
Os líderes muçulmanos terão muita dificuldade em lidar com essa situação e a popularidade do filme ‘Paixão de Cristo’ não os ajuda!
Como o Egipto está bem no centro da midia e da educação do Oriente Médio, você pode ter a certeza de que essa história vai se
espalhar rapidamente.

Jesus Cristo ainda está deixando o mundo de pernas pro ar!
Espalhe esta história por todos os lugares. ‘O Senhor diz, ‘Abençoarei a pessoa que colocar Sua confiança em mim”
(Jeremias 17).

Jesus disse: “se me negas entre os homens, te negarei diante do pai” e que adianta um homem ganhar o mundo
inteiro, se perde a sua alma. (Lucas 9:25)

Em Cristo, sempre avante.

DISK RAÇÕES Loja I
disk@totoracoes.com.br
Totó Rações 2011 – Direitos Reservados
Próximo ao Shopping – Parque do Povo – (18) 3221-4122

DISK RAÇÕES Loja II
disk@totoracoes.com.br
Vila Marcondes
Rua Abílio Nascimento, 234 – (18) 3916-4472

Um Milhão de Pessoas

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

Homenagem ao papai Albert Einstein

Homenagem ao papai Albert Einstein

12 de Março de 2011 – Um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política

Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra a chulisse, está a começar. Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm andado a fazer, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos filhos! Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer -quase-tudo, para mudar o rumo deste abuso.

Todos os ”governantes” [a saber, os que se governam…] do Brasil falam em cortes de despesas – mas não dizem quais – e aumentos de impostos a pagar.

Nenhum governante fala em:

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas,14.o e 15.o salários etc.) dos poderes da República;

2. Redução dos deputados da Assembleia da República e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode;

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;

4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros?s e não são verificados como podem ser auditados?

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais…;

7. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades;

8. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;

9. Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias… para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes…

10. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;

11. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc;

12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;

13. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NOSERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES….;

14. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder – há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal administrativo… pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder…

15. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;

16. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.

17. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes, cpmf, precatórios;

18. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente “legais”, sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam;

19. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;

20. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois.

30. Pôr os Bancos pagando impostos.

CDPEMA

Markcerto

Markcerto

Sete Falhas Capitais

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

Pão de Açúcar

Pão de Açúcar

Coluna São Gonçalo

A experiência de mais de 20 anos na Polícia Civil, a autoconfiança, as diferenças entre as cidades do Rio de Janeiro e São Gonçalo em relação à violência e a vontade de fazer e ter resultado, podem ter colaborado para a ação mal sucedida que culminou com as mortes do chefe do Setor de Investigação (SI) da 72ª DP (Mutuá), Antônio Cézar Stockler, de 50 anos, e João Carlos Gomes Coelho, 47, no dia 20 de janeiro deste ano, em Itaúna, São Gonçalo.

Algumas imprudências como a falta de coletes à prova de balas e o reduzido número de agentes na operação foram destacadas pelo antropólogo Roberto Kant, especialista em Segurança Pública e Confl itos Sociais pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Após as mortes, o delegado da distrital, Adilson Palácio, deu novas recomendações aos agentes.

Laudo cadavérico – A conclusão do laudo número 279/2010 da necropsia nos corpos dos policiais assassinados revelou o último de uma sequência de erros de planejamento e execução da operação policial. Com duas pistolas na cintura, sem possibilidade de reação, Stockler foi baleado cinco vezes pelo traficante e ainda levou outros três tiros pelas costas. Um desses três disparos teria saído da pistola ponto 40 de Coelho, único que reagiu aos tiros do traficante Leandro Marcelo dos Santos, o Arake, de 29 anos. Os outros tiros atingiram a testa, os braços e o peito de Stockler. Tanto a pistola de Coelho, que estava engatilhada, quanto um fuzil, estavam caídos entre os dois corpos na cena do crime. Coelho foi atingido por um tiro no peito e outro no punho esquerdo, dados pelo traficante.

Especialista em Segurança Pública, o professor Kant disse que o destino da operação começou a ser desenhado quando Stockler recusou o reforço dos colegas da 72ªDP (Mutuá) e seguiu para o Salgueiro em apenas uma viatura. Kant analisou toda a dinâmica daquele dia e reiterou que o número de policiais deslocados foi pequeno para que se fizesse a prisão ainda que de apenas dois traficantes. A ação não seria simples, uma vez que os bandidos seriam pegos em seu próprio território, provavelmente armados e com escolta e olheiros para os alertarem da proximidade dos policiais.
“Houve uma série de erros absurdos. Levar a jovem com eles para dentro da casa foi maluquice, foi como fazê-la de refém e acabaram por expô-la a risco de vida. Não pediram reforços em nenhum momento, o que também é estranho, dado o número de presos que iam levar e que não iria caber em apenas uma viatura. Uma ação como essa deve ser coletiva, institucional, em que diversos recursos devem ser utilizados no cerco de uma casa”, disse Kant.

O delegado da 72ª DP, Adilson Palácio, tem seus argumentos em relação à operação. “Os fatos acontecem em segundos. Foi uma fatalidade. Possivelmente, Coelho já tinha sido atingido e já estava caindo quando atirou. Foi tiro de defesa, instintivo de qualquer ser humano, uma resposta à agressão”, avaliou o delegado, acrescentando que os policiais tinham a rotina de sair em uma só equipe e que sempre trouxeram resultados
positivos para a delegacia. “Depois que dá errado, tem muitas especulações, argumentações de especialistas que sabem de teorias. São Gonçalo é um lugar tranqüilo, muito diferente do Rio, e esse tipo de incursão era feito quase que diariamente do mesmo modo. Policial que trabalha, que vai para rua, está sujeito a morrer. A gente sempre quer fazer o melhor e acaba correndo os riscos”, opinou Palácio.

Com pouco mais de um mês da perda dos agentes, a delegacia ainda tenta voltar às diligências diárias, mas com novas recomendações. “Nós conversamos, mas não há regras nesses casos. Tudo depende da hora. A minha recomendação é que todos da delegacia fiquem mais atentos e para qualquer verificação de denúncia deve ir mais de uma equipe e se comunicar sempre”, concluiu Palácio.

A chefia da Polícia Civil não quis comentar o caso, mas afirmou que não existe no âmbito da instituição ou da Academia de Polícia (Acadepol) um protocolo ou regulamento de segurança a ser seguido.

Delegacia ganhou prêmio em 2009

Campeã estadual em resposta a Central do Disque-Denúncia, a 72ª DP (Mutuá) recebeu o prêmio Gol de Letra há cerca de dois meses. No ano de 2009, foram 309 denúncias averiguadas. Um dos policiais mais atuantes e de pronta resposta às denúncias era Antônio Cézar Stockler, que não só comandava o Setor de Investigação (SI), mas participava de todas as operações com os agentes subordinados.

A perda de Stockler e João Carlos Gomes Coelho, 47, também morto na ação, desestabilizou o setor, que já substituiu os policiais, mas trabalha para recuperar a velocidade das respostas dadas ao órgão. “Eu perdi três policiais, porque Stockler valia por dois homens. Apesar de ser o chefe do setor de investigação que, normalmente, coordena as equipes, ele queria sempre ir para a rua, muito atuante, operacional”, disse o delegado Adilson Palácio, titular da 72ª DP.

De acordo com a Coordenadoria do Núcleo de Expansão do Disque-denúncia, a 72ª DP lidera o ranking estadual de respostas às denúncias encaminhadas para delegacias. No ano de 2009, foram 309. O município
de São Gonçalo, que é atendido pelas delegacias 72ª, 73ª, 74ª e 75ª, é responsável por 11% das respostas em todo Estado. O 7º BPM (São Gonçalo) é o segundo do Estado em relação ao número de denúncias recebidas.

Memória

Stockler e Coelho haviam recebido informações naquela manhã sobre o endereço de um traficante, que estaria escondido em uma casa no bairro de Itaúna, no Complexo do Salgueiro. A segunda prisão, de Arake, não estava nos planos dos dois.

Segundo relatos do policial sobrevivente, quando ficaram sabendo da localização de Arake, Coelho e ele ainda teriam tentado convencer Stockler a chamar reforço. A hipótese foi descartada pelo agente. Arake foi preso,
na noite do mesmo dia, por policiais da Core e da 72ª DP, que tomaram o Salgueiro e, através de denúncias anônimas, chegaram ao seu esconderijo horas mais tarde, em cima da laje de uma casa.

——————————————————————————–
Adílson Palácio

Markcerto

Markcerto

Raul Seixas

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

Raul Seixas

Raul Seixas

Raul Santos Seixas (Salvador, 28 de junho de 1945 — São Paulo, 21 de agosto de 1989) foi um famoso cantor, compositor e poeta brasileiro, frequentemente considerado um dos pioneiros do rock brasileiro. Também foi produtor musical da CBS durante sua estada no Rio de Janeiro, e por vezes é chamado de “Pai do Rock Brasileiro” e “Maluco Beleza”.

Sua obra musical é composta de 21 discos lançados em seus 26 anos de carreira e seu estilo musical é tradicionalmente classificado como rock e baião, e de fato conseguiu unir ambos os gêneros em músicas como “Let Me Sing, Let Me Sing”[3]. Seu álbum de estreia, Raulzito e os Panteras (1968), foi produzido quando ele integrava o grupo Os Panteras, mas só ganhou notoriedade crítica e de público com as músicas de Krig-Ha, Bandolo! (1973), como “Ouro de Tolo”, “Mosca na Sopa”, “Metamorfose Ambulante”. Raul Seixas adquiriu um estilo musical que o creditou de “contestador e místico”, e isso se deve aos ideais que vindicou, como a Sociedade Alternativa apresentada em Gita (1974), influenciado por figuras como Aleister Crowley.

Raul se interessava por filosofia (principalmente metafísica e ontologia), psicologia, história, literatura e latim e algumas crenças dessas correntes foram muito aproveitadas em sua obra, que possuía uma recepção boa ou de curiosidade por conta disso.[4] Ele conseguiu gozar de uma audiência relativamente alta durante sua vida, e mesmo nos anos 80 continuou produzindo álbuns que venderam bem, como Uah-Bap-Lu-Bap-Lah-Béin-Bum! (1987) e A Panela do Diabo (1989), esse último em parceria com Marcelo Nova, e sua obra musical tem aumentado continuamente de tamanho, na medida que seus discos (principalmente álbuns póstumos) continuam a ser vendidos, tornando-o um símbolo do rock do país e um dos artistas mais cultuados e queridos entre os fãs nos últimos quarenta anos.

Em outubro de 2008, a revista Rolling Stone Brasil promoveu a Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira, cujo resultado colocou Raul Seixas figurando a posição 19ª, encabeçando nomes como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Heitor Villa-Lobos e outros.[5] No ano anterior, a mesma revista promoveu a Lista dos Cem Maiores Discos da Música Brasileira, onde seu Krig-Ha, Bandolo! de 1973 atingiu a 12ª posição,[6] demonstrando que o vigor musical de Raul Seixas continua a ser considerado importante hoje em dia.

Álbuns de estúdio1968 – Raulzito e os Panteras
1971 – Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10 (Com Sérgio Sampaio, Míriam Batucada e Edy Star)
1973 – Krig-ha, Bandolo!!
1973 – Os 24 Maiores Sucessos da Era do Rock
1974 – Gita
1974 – O Rebu (Trilha sonora da novela de mesmo nome – contém músicas inéditas até então)
1975 – 20 Anos de Rock (Reedição de Os 24 Maiores Sucessos da Era do Rock)
1975 – Novo Aeon
1976 – Há 10 Mil Anos Atrás
1977 – O Dia Em Que a Terra Parou
1977 – Raul Rock Seixas
1978 – Mata Virgem
1979 – Por Quem Os Sinos Dobram
1980 – Abre-te Sésamo
1983 – Raul Seixas
1984 – Metrô Linha 743
1985 – 30 Anos de Rock (Reedição de Os 24 Maiores Sucessos da Era do Rock)
1985 – Let Me Sing My Rock And Roll (Coletânea lançada em tiragem limitada somente em LP)
1986 – Raul Rock Seixas Volume 2 (Coletânea com faixas inéditas)
1987 – Caroço de Manga (Reedição de Let Me Sing My Rock And Roll lançado em LP e CD)
1987 – Uah-Bap-Lu-Bap-Lah-Béin-Bum!
1988 – A Pedra do Gênesis
1989 – A Panela do Diabo (Com Marcelo Nova)
[editar] Álbuns póstumos1992 – O Baú do Raul
1998 – Documento
2005 – O Baú do Raul Revirado (CD com raridades vendido somente com o livro de mesmo nome)
2009 – 20 Anos sem Raul Seixas (Reedição de Documento com uma faixa inédita extra)
[editar] Coletâneas1981 – O Melhor De Raul Seixas
1982 – A arte de Raul Seixas
1983 – O Pacote Fechado de Raul Seixas
1985 – Let Me Sing My Rock And Roll
1985 – Raul Seixas Rock
1986 – Caminhos
1986 – Raul Rock Seixas Volume 2
1987 – Caroço de Manga
1988 – Metamorfose Ambulante
1988 – O Segredo do Universo
1988 – Raul Seixas Para Sempre
1990 – Maluco Beleza
1991 – As Profecias (Contém uma faixa inédita)
1993 – Os Grandes Sucessos de Raul Seixas
1994 – Minha História
1995 – Geração Pop Vol.2: Raul Seixas
1996 – MPB Compositores 4: Raul Seixas
1998 – 20 Grandes Sucessos de Raul Seixas
1998 – Preferência Nacional
1998 – Música! O Melhor da Música de Raul Seixas
1999 – Millennium: Raul Seixas
2000 – Areia da Ampulheta
2000 – Enciclopedia Musical Brasileira
2001 – Warner 25 Anos: Raul Seixas
2002 – Série Identidade: Raul Seixas
2002 – Série Gold: Raul Seixas
2003 – Anarkilópolis (Contém uma faixa inédita)
2003 – Os Melhores do Maluco Beleza
2004 – Essential Brasil: Raul Seixas
2005 – Novo Millennium: Raul Seixas
2005 – Série Bis: Raul Seixas
2006 – Warner 30 Anos: Raul Seixas
2008 – Sem Limite: Raul Seixas
[editar] Álbuns ao vivo1984 – Ao Vivo – Único e Exclusivo
1991 – Eu, Raul Seixas (Show na Praia do Gonzaga, Santos, 1982)
1993 – Raul Vivo (Reedição de Ao Vivo – Único e Exclusivo com faixas extras)
1994 – Se o Rádio Não Toca… (Show em Brasília, 1974)
[editar] Singles póstumos1993 – A Maçã / Como Vovó Já Dizia / Sociedade Alternativa / Gita (CD – Philips)
1993 – Jay Vaquer Featuring Raul Seixas – Mosca na Sopa / 72 en 92 (CD – Girl/USA)
1998 – Morning Train (Promo – CD – MZA/Polygram)
1998 – É Fim de Mês (Promo – CD – MZA/Polygram)
[editar] Caixas1995 – Série Grandes Nomes: Raul (Caixa com 4 CDs e livreto ilustrado)
2002 – Maluco Beleza (Caixa com 6 CDs e livro ilustrado)
2009 – 10.000 Anos à Frente (Reedição da caixa Maluco Beleza)
[editar] Trilhas sonoras1973 – A Volta de Beto Rockfeller
1973 – Rosa dos Ventos
1974 – O Rebu
1983 – Plunct, Plact, Zuuum
1984 – Plunct, Plact, Zuuum II
2002 – Cidade de Deus
2009 – Viver a Vida
[editar] Tributos2004 – O Baú do Raul: Uma Homenagem a Raul Seixas
[editar] Outros álbuns1972 – Carnaval Chegou (Coletânea com vários artistas. Raul canta a faixa Eterno Carnaval)
1973 – Phono 73 O Canto de um Povo – Volume 1 (LP gravado ao vivo em 1973 com vários artistas da gravadora Philips. Raul aparece com a música Loteria de Babilônia)
1975 – Hollywood Rock (Falso álbum ao vivo, lançado somente em LP, e dividido com Erasmo Carlos, O Peso e Rita Lee)
1979 – O Banquete dos Mendigos (LP duplo gravado ao vivo em 1973 com vários artistas. Raul aparece com a faixa Cachorro – Urubu)
1987 – Duplo Sentido (LP duplo da banda baiana Camisa de Vênus no qual Raul canta na faixa Muita Estrela, Pouca Constelação)
1995 – Vida e obra de Johnny McCartney – Álbum do cantor e compositor Leno, gravado (e censurado) em 1971. Raulzito (Raul Seixas) participa na produção, composições e vocais.

Markcerto

Markcerto

Pedágio a Vista

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

Pedágios a Vista

Pedágios a Vista


OLHA SÓ O “FURO” QUE ESTA MENINA DESCOBRIU !!!!!!
O DIREITO DE IR E VIR BARRADO PELOS PEDÁGIOS

Entre os diversos trabalhos apresentados, um deles causou polêmica entre os participantes.
“A Inconstitucionalidade dos Pedágios”, desenvolvido pela aluna do 9º semestre de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) Márcia dos Santos Silva chocou, impressionou e orientou os presentes.

A jovem de 22 anos apresentou o “Direito fundamental de ir e vir” nas estradas do Brasil. Ela, que mora em Pelotas, conta que, para vir a Rio Grande apresentar seu trabalho no congresso, não pagou pedágio e, na volta, faria o mesmo. Causando surpresa nos participantes, ela fundamentou seus atos durante a apresentação.
Márcia explica que na Constituição Federal de 1988, Título II, dos “Direitos e Garantias Fundamentais”, o artigo 5 diz o seguinte:

“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade ” E no inciso XV do artigo: “é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens”. A jovem acrescenta que “o direito de ir e vir é cláusula pétrea na Constituição Federal, o que significa dizer que não é possível violar esse direito. E ainda que todo o brasileiro tem livre acesso em todo o território nacional O que também quer dizer que o pedágio vai contra a constituição”.

Segundo Márcia, as estradas não são vendáveis. E o que acontece é que concessionárias de pedágios realiza contratos com o governo Estadual de investir no melhoramento dessas rodovias e cobram o pedágio para ressarcir os gastos. No entanto, no valor da gasolina é incluído o imposto de Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide), e parte dele é destinado às estradas. “No momento que abasteço meu carro, estou pagando o pedágio. Não é necessário eu pagar novamente Só quero exercer meu direito, a estrada é um bem público e não é justo eu pagar por um bem que já é meu também”, enfatiza.

A estudante explicou maneiras e mostrou um vídeo que ensinava a passar nos pedágio sem precisar pagar. “Ou você pode passar atrás de algum carro que tenha parado. Ou ainda passa direto. A cancela, que barra os carros é de plástico, não quebra, e quando o carro passa por ali ela abre.
Não tem perigo algum e não arranha o carro”, conta ela, que diz fazer isso sempre que viaja. Após a apresentação, questionamentos não faltaram. Quem assistia ficava curioso em saber se o ato não estaria infringindo alguma lei, se poderia gerar multa, ou ainda se quem fizesse isso não estaria destruindo o patrimônio alheio. As respostas foram claras. Segundo Márcia, juridicamente não há lei que permita a utilização de pedágios em estradas brasileiras.
Quanto a ser um patrimônio alheio, o fato, explica ela, é que o pedágio e a cancela estão no meio do caminho onde os carros precisam passar e, até então, ela nunca viu cancelas ou pedágios ficarem danificados. Márcia também conta que uma vez foi parada pela Polícia Rodoviária, e um guarda disse que iria acompanhá-la para pagar o pedágio. “Eu perguntei ao policial se ele prestava algum serviço para a concessionária ou ao Estado.
Afinal, um policial rodoviário trabalha para o Estado ou para o governo Federal e deve cuidar da segurança nas estradas. Já a empresa de pedágios, é privada, ou seja, não tem nada a ver uma coisa com a outra”, Acrescenta.
Ela defende ainda que os preços são iguais para pessoas de baixa renda, que possuem carros menores, e para quem tem um poder aquisitivo maior e automóveis melhores, alegando que muita gente não possui condições para gastar tanto com pedágios. Ela garante também que o Estado está negando um direito da sociedade. “Não há o que defender ou explicar. A constituição é clara quando diz que todos nós temos o direito de ir e vir em todas as estradas do território nacional”, conclui. A estudante apresenta o trabalho de conclusão de curso e formou-se em agosto de 2008.
Ela não sabia que área do Direito pretende seguir, mas garante que vai continuar trabalhando e defendendo a causa dos pedágios.

FONTE: JORNAL AGORA

REPASSEM A TODOS TEUS AMIGOS

Markcerto

Markcerto

O Que é o Coma?

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

O que é o Coma?

O que é o Coma?

Coma vs. morte cerebral

Pacientes que sofrem morte cerebral não estão em coma. Pacientes em coma podem ou não evoluir para morte cerebral.
O cérebro é um órgão complexo que controla os processos de pensamento, os movimentos voluntários e involuntários do indivíduo e outras funções corporais vitais, incluindo a sensibilidade auditiva, olfativa, visual e tátil, a regulação da temperatura corporal, pressão sangüínea, respiração e freqüência cardíaca (o coração pode continuar a bater sem o cérebro através de uma “resposta autonômica”). O cérebro também produz hormônios para controlar a função de cada órgão. Um bom exemplo é a produção de hormônio antidiurético (ADH, ou anti-diuretic hormone). Este hormônio tem a função de aumentar a absorção de água pelo rim, concentrando a urina e oferecendo proteção contra a desidratação, que é uma ameaça à vida.

Pacientes em coma podem estar em coma profundo ou podem sobreviver em “estado vegetativo”. A diferença entre estes dois estados é que um paciente em coma profundo requer hospitalização, enquanto um paciente em estado vegetativo pode receber alta e ser atendido pela família em casa. O indivíduo em estado vegetativo possui funções cerebrais inferiores e algumas funções do tronco cerebral superior a mais do que um paciente em coma profundo.

Nos dois casos, o paciente é considerado vivo do ponto de vista legal. Pacientes em coma terão alguns sinais neurológicos. A quantidade de atividade cerebral é variável e os pacientes são submetidos a exames clínicos extensos. O médico observa o paciente em busca de qualquer sinal de atividade elétrica cerebral em resposta a um estímulo externo. Nos pacientes em coma o cérebro reage aos estímulos externos em maior ou menor grau dependendo da gravidade do coma. Isso não acontece nos pacientes com morte cerebral.

O Corpo humano guarda muitos mistérios

Top 10 fatos interessantes sobre estar em coma

As possibilidades são, todos nós sabemos de pessoas que sofreram coma. É possível que alguns de vocês mesmo sabem o que é como estar em coma. Esse estado de inconsciência trágico muitas vezes pode ser assustador. Há vários sinais que procurar nas pessoas para saber se eles estão tendo um coma. Além disso, existem vários fatos interessantes sobre estar em um coma que você pode não ter sabido. Estar em coma é muito diferente do que dormir e sonhar, e eu compilamos uma lista de fatos interessantes que você pode não ter sabido.

1. A palavra “coma” vem do koma “palavra grega que significa” sono profundo “. Isto significa que os antigos gregos provavelmente assumiu que aqueles que estavam em coma estavam experimentando o sono pesado, ao invés de sofrer de inconsciência.

2. inconsciência não é considerado um coma menos que uma pessoa tem de responder por mais de 6 horas.

3. Normalmente, os problemas internos, como traumatismo craniano, derrame cerebral ou intoxicação são fatores que levam as pessoas a coma, no entanto, por vezes, os médicos irão induzir um coma para que o paciente não será capaz de sentir dor física extrema.

4. Existe uma escala denominada “Escala de Coma de Glasgow”, que classifica os pacientes inconscientes usando números ranking quão bem eles estão respondendo que mede a extremidade do seu coma.

5. Dois pupilas dilatadas podem ser um sinal de uma pessoa estar em coma, bem como um olho que está sendo dilatado eo outro não sendo dilatada. Estes podem ser testados com precisão ainda maior por ver se os olhos estão a reagir à luz.

6. Apesar de um paciente em coma está em um estado de inconsciência, eles ainda são capazes de se mover. Tendo em coma é de fato um elemento que pode aumentar a probabilidade de ter uma convulsão.

7. A causa mais comum de morte para uma pessoa em coma prolongado, que é incapaz de despertar da inconsciência, é uma infecção secundária que pode ter lugar dentro do corpo. Após um longo período a ser ou coma com morte cerebral, a infecção pode escorregar em mais fácil devido ao sistema imunológico debilitado.

8. O período mais longo de tempo para um coma que já foi registrado aconteceu com Elaine Esposito, que estava em coma há 37 anos e 111 dias. Ela não acorda de seu coma antes de morrer.

9. Às vezes as pessoas podem acordar do coma após longos períodos de coma extremamente estar. Terry Wallis, de acordar de um coma depois de 19 anos, e era capaz de funcionar tanto com regularidade.

10. Às vezes, um coma vai levar as pessoas a estar em um estado vegetativo. Uma pessoa em estado vegetativo pode ainda tornar-se consciente, mas várias pessoas permanecem em estado vegetativo por anos.

Markcerto

Markcerto

Gestão da Amazônia

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

CDPEMA ONG

CDPEMA ONG

Billy O DiscípuloMarkcerto

Cultura de Nepal

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações



Billy Seixas

Free Hit Counter

Nepal

Nepal e sua cultura

A cultura nepalesa é muito diversa, refletindo as diferentes origens étnicas de seu povo. Porém como cerca de 80% da população é hinduísta, a cultura nepalesa reflete costumes, crenças e tradições hindus. Entretando a influência do budismo, cerca de 10% da população, é grande. As duas religiões coexistem e ritos hinduístas e budistas que acompanham o nascimento, o casamento e a morte sempre são praticados.

O folclore é uma parte integrante da sociedade nepalesa. Contos folclóricos estão enraizadas na realidade do dia-a-dia, contos de amor, afetividade e batalhas, bem como demônios e fantasmas refletem o estilo de vida local, bem como suas culturas e crenças. Muitos contos folclóricos nepaleses são contados mediante a integração de dança e música.

Calendário

O ano nepalense começa em meados de abril e está dividido em 12 meses. Sábado é um dia oficial de descanso. Dentre os feriados nacionais estão o Dia Nacional, a comemoração do aniversário do rei (28 de dezembro), o Prithvi Jayanti (11 de janeiro), Dia do Mártir (18 de fevereiro), e uma mistura de festivais hindus e budistas, tais como o festival dashain no outono, e o tihar no final do outono. Durante o tihar, o comunidade Newar também comemora o seu Ano Novo, por seu calendário local, Nepal Sambat

Culinária

Como os hinduístas são vegetarianos, em sua maioria, a culinária nepalesa, assim como a hindiana, reflete uma dieta vegetariana. Uma típica refeição nepalesa é o dal-bhat-tarkari. O Dal é uma sopa picante de lentilha, servida sobre o bhat, uma tigela redonda, com o tarkari, vegetai cortados, junto com picles (achar) ou condimentos picantes (chutni).

Cerca de trinta outras línguas, indo-europeas ou tibétobirmanesas, são utilizadas igualmente, a exemplo do néwari que, com o népali, é a única a possuir uma escrita. O hindouisme é a religião oficial do Nepal, praticada por cerca de 86 p. 100 da população. O budismo (8 p. 100) reside muito presente na cultura nepalesa e o Islão é praticado por 3 p. 100 da população, no oeste do país. A dualidade entre hindouisme e budismo é principal a caraterística religiosa do país.

A escolaridade é obrigatória para todas as crianças nepalesas entre 6 anos e 10 anos. Como numerosos em países em desenvolvimento, os rapazes frequentam mais regularmente a escola que as raparigas. Em 1990, um terço dos 12-17 anos era escolarizado. Principal o estabelecimento de ensino superior do país é a universidade de Tribhuvan, fundada em 1959, à Katmandou. Em 1995, a taxa de alfabetização era de 47 p. 100; três Nepaleses idosos de plus de 15 de cada quatro anos não sabem nem ler nem escrever.

Markcerto

Markcerto

Cultura de Salvador

Disk Totó Rações

Disk Totó Rações


Billy Seixas

Free Hit Counter

 

Cultura de Salvador Bahia

Projeto de reestruturação da Ouvidoria da Transalvador será discutido

Numa reunião programada para esta terça-feira (22), o ouvidor-geral do Município Humberto Viana, vai apresentar ao superintendente da Transalvador, Alberto Gordilho Filho, o projeto de estruturação para a ouvidoria setorial da superintendência. A proposta de reestruturação faz parte do Programa de Qualidade de Ouvidorias – PQO, desenvolvida pela Ouvidoria Geral do Município, desde 2005, e que desde o mês passado ganhou nova forma de aplicação.
Com a atribuição de coordenar a rede de ouvidorias do Município, composta por 30 unidades, a Ouvidoria Geral, realiza visitas/diagnóstico em cada unidade setorial, através do PQO. Na oportunidade, são identificados os pontos negativos e positivos de ouvidoria, para no momento seguinte, com a análise concluída, montar um projeto de reestruturação e discutí-lo com o gestor do órgão, tendo como foco a integração, maior agilidade e eficiência dentro do atendimento à população.

Perspectiva 2011 – Como especialista na área, Viana vê com otimismo as perspectivas de trabalho para 2011, na área de ouvidoria municipal. “Em todo o mundo, a cultura de ouvidoria vem se amplificando e tendo reconhecida a sua importância dentro de uma visão moderna de gestão, mas é um trabalho que demanda tempo e continuidade. Em Salvador, estamos trabalhando pelo reconhecimento desse mecanismo importante para a população no seu dia-a-dia”, analisa.
Este ano, a coordenadora do Programa de Qualificação da OGM, Dayane dos Santos, já percorreu as ouvidorias da Sesp, Transalvador, Secult e Sucop e a previsão de término para essa primeira etapa é o final deste mês.
Selo de Qualidade- Dentro do processo permanente de capacitação desenvolvido pelo órgão, acontece ainda este ano o lançamento do Selo de Qualidade. A premiação que vai exigir pré-requisitos relacionados à estrutura física e cumprimento de procedimentos operacionais e técnicos de ouvidores e ouvidorias setoriais.